segunda-feira, janeiro 09, 2006

Crónica de um fim-de-semana na Madeira!


Que belo fim de semana!
16 elementos da RUC e Mancha Negra seguiram para o Funchal para acompanhar o jogo entre Marítimo e Académica....e não só!
Senhoras e Senhores, dentro de momentos...

O RELATO DOS ACONTECIMENTOS!

Sexta-Feira
02:15 - Saída de Coimbra.
07:00 - Saída de Lisboa.
07:01 - Tsunami chama a hospedeira de porca
07:02 - Tsnunami chama a hospedeira de meretriz usando apenas 4 letras
07:03 até 07:15 - Tsunami faz um mix de engates à trolha dirigidos às hospedeiras todas no avião e provocações aos pouquissimos adeptos do Setúbal que se encontram a bordo, usando expressões como "carrrrrapau" ou "Chumbita Nunes".
07:16 - JFC adormece encostado ao seu casaco/blusão enrolado
07:55 - Hospedeira repreende Tsunami, Bruno e JFC (ainda a dormir)
08:00 - Hospedeira pede passaporte aos 3 elementos referidos
08:01 - Discussão do JFC com a hospedeira
08:20 - Chegada ao Aeroporto da Madeira
08:25 - Recolha da bagagem
08:30 até 09:45 - Mancha, repórteres e "carrrrapaus" esperam por JFC que apresenta queixa na PSP
09:50 - JFC decide ficar no aeroporto à espera do Prof. Cavaco fazendo de conta que estava a apresentar queixa, enquanto o resto segue para o hotel
10:05 - Chegada ao hotel Jardins d'Ajuda
10:30 - Chegada à piscina do hotel onde estava um sol maravilhoso e no continente tudo morria de frio (ahahahahah)

(esta parte não interessa)

23:30 - Equipa RUC dirige-se em busca do bar CCC

Sábado

00:15 - Equipa RUC perdida recebe liga a JFC que diz estar no Bar da Cidade, descrito como "um bar muito manhoso"...
00:30 - Equipa RUC segue sempre em frente e acredita ter chegado a terra firme quando vê um letreiro luminoso onde piscava "Bar da Cidade"
00:32 - Equipa RUC entra no estabelecimento na espectativa de encontrar os membros da claque Mancha Negra
00:35 - Equipa RUC conclui que não está ninguém da MN no BC, senta-se e pede dois copos de bebida fermentada à base de cevada
00:36 - Equipa RUC observa atentamente os movimentos sinuosos e provocantes de uma jovem loura e curvilínea e tem a nítida sensação de estar num bar de alterne
00:40 - Equipa RUC sai do BC após receber uma sms de JFC informando que a comitiva da MN se tinha feito deslocar até um local de nome Glória Latina, onde se encontrariam "umas inglesas boas"
02:00 - Chumbita Nunes entra no estabelecimento acompanhado por Quinito e uma inglesa, além de mais três ou quatro "mânfios velhos e feios"
03:00 - O grupinho musical que estava arrumado a um canto decide calar-se, o rapazinho da percursão vira DJ e finalmente ouve-se música decente
03:15 - Metade da comitiva da MN volta para o BC
03:20 - Quinito é agarrado por dois elementos da comitiva de Chumbita Nunes (CN não era um deles, já que os seus olhos faziam adivinhar que a quantidade de alcoól a circular no seu sangue não permitia movimentos bruscos...quer dizer...não permitia movimentos). O homem que tem barba até às sobrancelhas tentava "engatar" uma senhora que tinha captado a sua atenção. Aliás...ela e a sua gémea...
04:00 - Novo destino: Vespas ou Jam. Grupo que resta sai do GL
04:10 - Tentativa gorada de entrar no sobrelotado Jam. Equipa RUC, JFC e Tsunami são ignorados pelo porteiro (esse porco fascista!)
04:11 - Tentativa bem sucedida de entrar nas Vespas. Azar:o local estava vazio...Tsunami, cheio de sede, pede uma cerveja. Os restantes elementos saem sem pagar, Tsunami bebe sem respirar e sai logo atrás, após pagar dois euros e meio.
04:13 - Segunda tentativa para entrar no Jam. Resultado não muda e vai tudo cabisbaixo para casa.
04:17 - Grupo partido encontra-se ao pé da roulotte dos cachorros
04:20 - JFC e Equipa RUC seguem para o hotel. Os dissidentes do BC e Tsnunami ficam a comer 05:00 - Equipa RUC instalada no hotel envia sms a DLP, o elemento que falta, para estar no Estádio dos Barreiros às 14h, liga a televisão e adormece de seguida...em camas separadas, claro

(esta parte não interessa)

14:05 - O membro da Equipa RUC que está a escrever, FS, acorda e diz as horas ao elemento que estava ainda a dormir. Este não acredita e volta a dormir. Após alguma insistência, TA olha para o relógio e levanta-se.
15:10 - Equipa RUC encontra-se à porta do "Caldeirão dos Barreiros" após DLP chegar de um lugar chamado Sto António, onde foi buscar as credenciais, e entra no recinto.
15:20 - Após falar com vários seguranças do estádio que conseguiram trocar as voltas à Equipa RUC, alguns elementos da RDP indicaram o "nicho" de onde se ia realizar o relato
15:40 - DLP compra tremoços
15:50 - Início do jogo Marítimo - AAC

Pontos altos
- Marcel não entra em campo
- Joeano marca o 0-1 (joy joy joy joy joeeeeeeano!)
- Três centrais viram três porquinhos e o ataque do MSC sopra e manda as casas abaixo
- Ezequias consegue assistir ao jogo sem pagar bilhete
- Tsnunami insulta adeptos do MSC
- O altíssimo Rincon cabeceia sozinho para o empate
- Tsnunami insulta adeptos do MSC
Intervalo
- Tsunami queixa-se dos insultos dos adeptos do MSC
- Esquadrão Maritimista entrega 3 cachecóis do MSC à MN e convida a comitiva
para jantar
- Tsunami denuncia em directo e aos microfones da RUC que a MN e os dois
elementos da equipa RUC estão numa "pensão reles onde até as p***s são feias"
- Hugo Alcântara sofre uma paragem cerebral e perde a bola para Marcinho que
agradece, José Castro persegue o médio brasileiro mas, cansado, deita-se e vê o 2-1 do
chão
- Prof Nelo Vingada tem ataque de coragem e fica a jogar com Nuno Luís e Zé Castro na defesa, tira Ezequias, sobe Hugo Alcântara para ponta de lança, coloca Sarmento na ponta esquerda e Gelson entra para jogar no ataque!
- Hugo Alcântara marca o golo do empate a um minuto dos 90 e volta para a defesa. Gelson desce para médio.
Fim do jogo

18:30 - Os três elementos saem do estádio e seguem a pé para os seus "aposentos"
20:30 - MN e Equipa RUC dirigem-se para o Restaurante do Chico onde José Francisco Nóbrega e o Esquadrão Maritimista os esperam para um "lauto banquete"

21:45 - Francisco Nóbrega(na foto) do Esquadrão Maritimista lança fogo de artifício
22:00 - Comitiva recebe a triste notícia de que tem de pagar o banquete
22:30 - Após ingerir alguns litros de cerveja e comer camarão, receber uns chapéus de palha do Esquadrão Maritimista e uns isqueiros da mesma claque, a comitiva que se deslocou de Coimbra dirigiu-se para o Casino
23:45 - Entrada na discoteca do Casino, de nome Copacabana, já com uma baixa, visto que o elemento Sales tinha seguido para o Hotel

Domingo

02:00 - Nenhuma mulher interessante à vista
03.00 - Nenhuma mulher interessante à vista
04:00 - Nenhuma mulher interessante à vista
05:00 - Saída do Copacana em direcção às Vespas, com Tsnunami ao volante
05:15 - Entrada nas Vespas
05:30 - Três(mais três, diga-se) cervejas depois a noite continuava sem mulheres interessantes
05:45 - Saída das Vespas
05:46 - Trajecto entre as Vespas e o hotel, apimentado pelos piropos românticos do Tsunami dirigidos às meninas que passavam e às condutoras dos carros com os quais nos cruzámos no caminho

(esta parte não interessa)

14:00 - Ida para o aeroporto

Nota: As horas referidas são horas aproximadas, não são totalmente reais mas não andam muito distantes da realidade. Por motivos de respeito para com as pessoas em causa não foram referidas as (longas) horas de conversa desenvolvidas entre dois elementos da comitiva, conversa essa sem resultados práticos, segundo rezam as crónicas. Uma fonte fidedigna garante que o resultado final não passou do empate por influência do árbitro da partida, neste caso uma árbitra.

NÃO FOI PROFUNDO MAS FOI BRUTAL!

4 comentários:

mariadarosa disse...

Isto é para ler como que se estivesse a fazer um relato ????
Devias de ter ído à disco que existe no aeroporto :)

*

Maria disse...

espectativa??????????????

mas neste ano o acordo ortográfico não permitia o uso da letra x ??

okokok Ri-me imenso com este, não à gargalhada, que estou no suposto local de trabalho.

Filipe Sousa disse...

xi...
bate-me sff!!!!

Maria disse...

Não bato, porque tu ias gostar, percebes? Só por isso.

ahh e tens de ser eS(lol)pressivo na desilusão:

Txiiiii

ehehhehe Obrigada,volto sempre.

Palavra de verificação: Cheap

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela