sábado, março 24, 2007

Um espectáculo dentro de outro

Desde pequeno sempre gostei de ver futebol. Cresci e passei a gostar de basquete. Mais tarde passei a ficar fã de voleibol. Nunca fui fã de outros desportos mas de vez em quando ia pondo o olho nuns joguitos de hóquei em patins (desporto muito aclamado em Portugal), de andebol, de ténis (que tédio!!!) e, muito raramente, de râguebi.
Há coisa de dois ou três aninhos, não sei precisar, fui seguir o percurso da secção de râguebi da Associação Académica de Coimbra na "Final Four" do campeonato nacional.
Venceram.
Mas os jogos não eram emocionantes nem de grande qualidade. Mas atenção, isto quando comparados com a qualidade dos jogos que eu fui vendo na televisão, com selecções como a inglesa, escocesa, francesa, australiana, sul-africana ou neozelandesa.
Num momento fantástico da selecção nacional de râguebi, acabei por andar a espreitar aqui e ali alguma informação sobre este desporto.
Aquilo que mais me chamou a tenção e mais me conseguiu prender foi algo dentro do jogo.
Um ritual.
Haka é o seu nome e é uma espécie de dança tribal maori de intimidação.
Os All Blacks - nome dado à equipa nacional de râguebi da Nova Zelândia - realizam, antes de cada disputa, a perfomance da haka.
Até 2005, a haka apresentada pela equipe era a Ka Mate. Antes da Copa das Três Nações de Agosto de 2005, num amistoso contra a África do Sul, os neo-zelandeses apresentaram, liderados por Tana Umaga, uma nova haka, a Kapa o Pango, que foi criada para retratar a aparência contemporânea da Nova Zelândia, em particular, a influência da cultura Polinésia do Pacífico Sul.
A nova haka só é apresentada em ocasiões especiais e não substitui a Ka Mate.
Kapa o Pango é uma fonte de controvérsias, especialmente na parte em que os neo-zelandeses põem a unha sobre o pescoço com o punho fechado e a arrastam, insinuando a morte por degolação (pode ver-se no primeiro e no quarto vídeo mais em baixo num jogo contra a África do Sul).
Apesar disso, os adversários dos All Blacks nunca reclamaram da haka, como a imprensa, às vezes, faz. Inclusivamente, o Togo tem um ritual bem parecido.
Curioso também é ver que é um hábito que vem desde há décadas bem longínquas! No último vídeo dos ínumeros que aqui coloquei, pode ver-se um pouco da história e observar que no início, em 1928 (se não me engano), uns "esticadinhos" já faziam algo parecido mas muito despojado da intensidade actual.
















Para quem quer tentar perceber o que gritam/entoam os jogadores na sua pele de guerreiros, aqui fica:

líder: Hey ringa ringa pakiah!
grupo: pakiah, pakiah
líder: Hey weeah weeah takiah
grupo: takiah takiah
todos (em movimento a afastar): Hey ringa ringa hiaringa tiearinga mootoo katoo, katoo HEY! (salto) katoo, katoo HEY! (salto)
todos (em movimento a aproximar): Hey ringa ringa hiaringa tiearinga mootoo katoo, katoo HEY! (salto) katoo, katoo HEY! (salto)
líder: Tee fah oorehnah, tee ah tooah wanna!
grupo: tinga tonga ooroo pooroo!
líder: Tee fah oo ay ah, teeah tooah wanna!
grupo: tinga tonga ooroo poorooeveryone
todos (apoiar num joelho): harpunah, harpunah, harpunah HA!
todos: ssst alooetka, sssst alooetka
líder: tee tee, kee kee, pakiah pakiah oo, oo, oorehnah!
grupo: oo oo ooreh nah!
líder: tee tee, kee kee, pakiah, pakiah, oo oo ooay yah!
grupo: oo, oo, oo ay yah!
líder (jumping up): "Carleton Knights"
todos: yayyyyyyy!

Ou, mais simples:

ho ri te!!!
ha ho ripe!!!.
ka mau!!!! hi!!!
rin rin a pa quia awana ri pa kia ne oki!!. akia ne oki!!
Ka mate! Ka mate! Ka ora!
Ka mate! Ka mate!
Ka ora!
Tenei te tangata puhuru huru!
nana nei i tiki mai!
whatakawhiti te ra!
A upa...ne!
A upa...ne!
A upa ne kaupane whiti te ra!!!


Mais longa:

Aha ha!
Kikiki kakaka kauana!
Kei waniwania taku tara.
Kei tarawahia, kei te rua i te kerokero!
He pounga rahui te uria ka rarapa;
Ketekete kau ana to peru kairiri
Mau au e koro e -----

Hi! Ha! Ka wehi au ka matakana,
Kowhai te tangata kia rere ure?
Tirohanga nga rua rerarera
Nga rua kuri kakanui i raro!
Aha ha!
Ka Mate!
Ka Mate!
Ka ora!
Ka ora!
Tenei te tangata puhuruhuru
Nana nei i tiki mai whakawhiti te ra!
Hupane kaupane!
Hupane kaupane Whiti te ra!

Mais uma ainda:

Líder KA MATE! KA MATE!
Grupo KA ORA, KA ORA!
Líder KA MATE! KA MATE!
Todos KA ORA, KA ORA!
Todos TENEI TE TANGATA PU'RU-HURU
NA'A NEI TIKI MAI WHAKA-WHITI TE ...
... RA! UPANE! KA UPANE!
KA UPANE! KA UPANE!
WHITI TE RA!
HI !

Que quer dizer:

Líder We're going to die! We're going to die!
We were at war
Grupo We're going to live! We're going to live!
But now there is peace.
Líder We're going to die! We're going to die!
We thought we were all going to die

Grupo We're going to live! We're going to live!
but now we are safe

Todos This is the man, so hairy
because our leader, so strong and masculine,
who fetched, and made shine the sun!
has unified us and brought back the sunny days of
Together! All together ... !
peace. We are all working in harmony, side by side,
Together! All together ... !
moving in unison like the hairs on our chief's legs
To sun shines!
to prolong these sunny days of peace.
YEAH!



FOI PROFUNDO! (espero eu...)

1 comentário:

Pall Mall disse...

Caro Filipe... está fantástico! Espero que eles lá ganhem ao Uruguai. Dava jeito ver Portugal medir-se com os melhores numa modalidade que não fosse o futebol.

Tás à vontade para dares uma espreitadela no meu blog: www.continental-circus.blogspot.com

Um abraço, e... Força Lobos!

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela