terça-feira, novembro 07, 2006

Ode à coca

Anda uma mãe a criar uma filha para depois a jovem ser capaz de me comparar com este rapaz, que, por acaso, é rico, bem parecido e faz filmes...



Obviamente que, apesar de não encontrar as semelhanças, me sinto lisonjeado, ao mesmo tempo que me sinto tentado a deixar aqui um repto:

Sócrates: legaliza as drogas. Se o efeito das mesmas é poderoso a ponto de me compararem com o Matthew McConaughey, se os narcóticos até agora ilegais forem legalizados, as minhas hipóteses de arranjar namorada, constituir família e criar descendência aumentam exponencialmente!

FOI PROFUNDO!

1 comentário:

Pall Mall disse...

Mas olha lá... as meninas que snifam coca não costumam oferecer os seus "préstimos" ao primeiro badameco que vêm à frente?

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela