quarta-feira, maio 31, 2006

Já só faltam dois exames. E agora?

Hoje tive a primeira de três provas escritas, as três últimas, antes da monografia e do estágio, para eu terminar o curso.
Nem senti grandes dificuldades para responder às perguntas. Até andei a ler artigos de vários tipos de "compêndios" legais...
O problema é que se seguem dois exames que se adivinham complicados!
É nestas alturas que eu pergunto:
O que faria o MacGyver?


Se o homem se safava de todas as situações até com um mísero clip, imagino sempre as maravilhas que ele seria capaz de fazer com uma caneta e uma folha de exame!

Lembro-me de um episódio em que ele apanhou uns panos e lixívia e alguns produtos de limpeza, partiu uma lâmpada, deixando os filamentos intactos, e fez uma bomba!

Pum! Saiu da enrascada em que o tinham metido!

Então e eu?
Como faço?
Não sei...mas fica aqui a piadinha do Big Mac(gyver).
Uns bandidos - daqueles da pior espécie - raptaram o Macgyver.
Pegaram no pobre rapaz e levaram-no para o meio do deserto.
Depois deixaram-no apenas com uma laranja e um capacete.
O Macgyver, que é muito inteligente e engenhocas, pegou na laranja e espremeu-a.
Fez sumo.
Pegou no sumo e tirou-lhe uma vitamina.
Pegou na vitamina, partiu-a ao meio, e ficou com uma mina.
Pegou na mina e mandou-a para longe, provocando uma explosão.
Da explosão resultou um terramoto.
Ele pegou no terramoto, partiu-o ao meio e ficou com uma moto.
Pegou na moto, meteu o capacete e foi embora!

Infelizmente eu não tenho o talento do Macgyver, por isso, resta-me estudar.

FOI PROFUNDO!

2 comentários:

Josue disse...

A parte final foi bué cliché!

Juvenal, o Animal disse...

opa...era para o caso da minha mãe algum dia ler o blog ;)

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela