quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Os três azares do Brasil

Portugal conseguiu ganhar ao Brasil!
Festa! Festa!
O jogo era a feijões.
Ronaldinho não jogou.
Ronaldo não jogou.
Robinho não jogou.
Cristiano Ronaldo e Ricardo Quaresma deram o toque de magia ao jogo.
Não foi uma nem duas vezes, foram bem mais aquelas em que os dois extremos lusos deixaram os adversários colados ao chão ou ficaram colados ao chão depois dos brasileiros terem de recorrer a faltas para os parar.
Cristiano Ronaldo saiu e o jogo decaiu. Por incrível que possa parecer, foi depois do jogo serenar que Portugal marcou, e logo por duas vezes.
O Brasil conseguiu ter três grandes falhas.
Não necessariamente por ordem, aqui estão os três pontos fulcrais da vitória dos "tugas".

Um dos momentos chave: Quaresma cruzou, Simão apareceu no meio de três adversários e rematou de primeira para inaugurar o marcador:



Mais tarde, pertinho do apito final, um livre marcado rapidamente, Quaresma recebe, toca para trás e o cruzamento de Hugo Viana que apanha Ricardo Carvalho, que aparece vindo de trás da defesa e se antecipa, rematando para o 2-0.



Aquele que terá sido, quiçá, o grande azar do Brasil apareceu antes do árbitro soprar pela primeira vez no apito.


A escolha de vestuário de Dunga pode ter afectado o discernimento dos seus jogadores e, quem sabe, pode mesmo ter traumatizado os atletas canarinhos.
FOI PROFUNDO!

2 comentários:

Nuno Felício disse...

Curioso reparar: o primeiro golo saiu todo das escolas do Sporting: Miguel na recuperação, Quaresma no passe, Simão Sabrosa na conclusão. Mais curioso reparar que nenhum destes brilha no Sporting, e só um deles deu alguma coisa ao clube...

rookie disse...

Concordo em absoluto!!
Dunga terá sido, eventualmente, confundido pelos seus jogadores por um cortinado!
Esperemos que os brasileiros fiquem novamente às escuras num próximo encontro! he he

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela