terça-feira, outubro 18, 2005

A língua (da sogra)

As sogras são aquelas pessoas que desde sempre são as más da fita. O português enquanto língua é visto assim no Brasil.
Logo quando abre a boca, o tuga passa por italiano, espanhol, argentino, alemão, americano ou mesmo AUSTRALIANO!
Quem diria que é a mesma língua!
Infelizmente, enquanto pesquisava uns elementos para um trabalho, dei por mim a ler algumas atrocidades, autênticos actos de cuspir no prato que comeu ou de morder a mão que alimenta.
Pessoas com graus académicos a renegar as origens do português que se fala no Brasil e a troçar do português "europeu", como lhe chamam.
Eu até compreendo, para as pessoas em causa, Portugal não descobriu o Brasil...INVADIU! OH! Esses mauzões!
Então vamos tentar imaginar o Brasil sem Portugal...
Uma série de pequenos países, possivelmente evoluídos (o que eu duvido muito) e cada um com o seu dialecto índio. Devia ser bem melhor do que falar português. Não sei é como é que iam sobreviver sem dizer "porra" ou "filho da puta".
Todos se chamariam qualquer coisa terminada em "iripiti" ou "urocotié" e morariam em lugares de nome a acabar em "oriminu" ou "putingui".
Isto se, já que os portugueses, espanhóis, holandeses ou ingleses não tinham lá chegado, o Brasil não tivesse sido anexado pelos Estados Unidos.
Realmente devia ter sido melhor para eles. Se bem que passem a vida a falar mal do Bush e do capitalismo americano e eu não lhes reconheça grande talento para a língua inglesa...
O pior de tudo é mesmo a religião. Como é que iriam viver sem Deus e sem Jesus Cristo? Já sei!
Igreja Universal do Reino do Totem de cada tribo! FIXE! ou melhor...LEGAL!

FOI PROFUNDO!

1 comentário:

Martins69 disse...

Pois, o pior é k agora são os tugas k tão a ser colonizados pelos sacanas dos brazucas. Vejamos, um gajo sai de casa e eles tão lá por todo o lado, no cinema, no s supermercados, nos centros comercias, no metro, na Cova da Moura, enfim. Por onde quer que um tuga anda elejá se sente um estrangeiro no seu próprio país, visto que se ele se arriscar a utilizar uma das maravilhosas palavras do precioso calão português ainda se arrisca a ser emendado por um brazuca. os gajos apoderaram-se da nossa língua de uma tal forma, que para eles até o ET sabe falar melhor a língua de Camões k os seus descendentes. Uma das coisas k mais me irrita é andarem por aí a dizer que o Brasil é um país irmão. Só se estiverem a pensar que Portugal é akele tipo de irmão mais velho k gosta de bater no mais novo para mostrar kem realmente manda. Porém, o irmão mais novo cresceu e está disposto a exteriorizar todos os seus traumas de infância até aki recalcados.
Tenho que agradecer ao Durão de Lisboa (o Zé Manel da Europa) o facto de ter voltado a colocar este país no mapa mundial, através da famosa cimeira na base das Lages. Foi a partir desse momento k brasileiros e cidadãos de Leste compreenderam k Portugal desempenha bem o papel de prostituta, podendo por isso tornarem-se os chulos. Porém antes deles já cá andavam os espanhóis que subtilmente já tomavam conta disto. Acho k devemos assumir k eles dvam um bom pai de familia, no entanto de Espanha nem bom vento, nem bom casamento...

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela