sábado, outubro 15, 2005

Brasil - Portugal : Amor e/ou Ódio

Chegado a Terras de Vera Cruz – não, não é o nome de nenhuma actriz brasileira - constatei que há três visões verde e amarelas do português.
O burro de bigode e a respectiva burra de bigode, de seus nomes Manuel ou Joaquim e Maria. O dono da padaria, de lápis na orelha, personagem principal das anedotas que se contam pelo Brasil. Basicamente são iguais às que se contam em Portugal sobre loiras e alentejanos. No entanto, são pouco criativos e muito fraquinhos quando se trata de imitar o sotaque português e as expressões típicas, chegando, muitas vezes, a mostrar o enorme talento futebolístico que lhes é reconhecido, dando inúmeros e violentos pontapés na gramática. O “ora pois (ou “ora pois pois” ou “ora ora pois pois”) aparece colado a Portugal e, além disso, acham que falamos tipo índios saídos de um Western ou tipo Tarzan: “Eu poder falar com tu?” ou “Eu querer falar com ti”. DAHHH
Depois vem a história do assassino e do ladrão. Como se o tempo tivesse parado e os portugueses chegassem todos de caravela para roubar ouro, violar as mulheres e matar os índios. O curioso desta questão é que, desde há uns tempos, os índios andam realmente a morrer. Só que são os próprios brasileiros que os andam a matar! E num país onde o dia-a-dia tornou banal a morte e o roubo, é muito estúpido alguém ainda vir com essa conversa!
Depois vem o português turista. Oh e como é bom ter alguém a beijar o chão que a gente pisa na esperança que a gente largue uns euros. O melhor sorriso, com ou sem dentes, as palavras mais simpáticas e uma cultura instantânea que vai de Figo e Eusébio a Mário Soares, passando por Fernando Pessoa, Eça de Queirós ou Saramago.
Melosos, falsos, chatos, cínicos, oportunistas nos seus mais simples gestos e frases.
Last but not the least, temos aqueles que se dão ao trabalho de conhecer as pessoas sem ligar à sua naturalidade. Conheci e conheço muitos assim, no entanto são uma minoria, numerosa, mas minoria. Amigos que guardo e hei-de guardar e que me mostraram o que há de bom no brasileiro.
Ah…e antes que me esqueça...PORTUGAL NÃO FICA A 18 HORAS DE ÔNIBUS DE SALVADOR, OK?

FOI PROFUNDO!

1 comentário:

Macieluxcitânia disse...

Olá Filipe ! Ando mêsmo muito Incomodado com tanto ódio e ignorãncia que a grande maioria de brasileiros demonstra em relação a Portugal e Portuguêses .
A questão é esta : Fiquei muito desiludido , Furiôso mêsmo, quando percebi há uns bons 25 anos que a Admiração e Afeição que êu , e julgo que todos os Portuguêses tinhamos pêlo Brasil e brasileiros , afinal , era devolvida com falsidade , hipocrisia , maldade , desprêzo , cinismo e sabe-se lá mais o quê em relação a nós, Portuguêses . Desde então a abri a guerra contra os brásucas ... bem sei que não leva a lado nenhum a não sêr mais ódio , mas o que fazêr ? Já tentei fazêr as pases com esta gente do outro lado do Atlântico que acho que fala brasileiro , recuei e continuei a luta ,voltei a tentar a paz , mas nada feito . Estes tipos têm um ódio maior que mundo pôdre onde vivem proRESPONSABILIDADE DÊLES PRÓPRIOS e voltam sempre á carga , acusando-nos pêlos sêus próprios êrros desde que são independentes há 200 anos !... é estranho percebêr que , quando é para falar mal e destruir Portugal e os Portuguêses(os antepassados dêles), eram os "colonizadôres" e "exploradôres" portugas que que "lhes" roubaram ( ... "lhes" quem ? Estarão a falar dos Índios ? Os índios é que eram os sêus antepassados ? Quando êles , os brasileiros , ou sejam os Portuguêses do Brasil ainda não tinham lá chegado ???!) tudo e mais alguma coisa , mas quandé para falar "bem" do Brasil , êstes "exploradôres cruéis" , "violadôres e assassinos" , já eram "brasileiros" !!!??! ... Não dá para entendêr ... ou melhor , compreendo perfeitamente uma coisa :
A maioria do Brasileiros não sabe quem é , simplesmente , por que Odeia e renega (Sem nenhuma razão!) os sêus ancestrais , os sêus antepassados ...existe uma grande confusão de identidade na cabeça d~eles ... Por um lado a superiôr influência de Portugal na sua genética , cultura , gastronomia , língua (embora eu ache que nêste momento êles deveriam assumir o brasileiro e deixar-nos em paz com "acôrdos ortográficos" ridículos e neo-colonialistas ) etc ... por outro o quererem ostensivamente apgar todas as suas raízes fortemente Portuguêsas ...o "desenvolvimento" brasileriro ?Uma pura ilusão baseada na miséria , na destruição dos recursos , na ignorância e também , nas palmadinhas nas costas que os verdadeiros super-podêres do mundo lhes estão a dar , apênas interessados nas enormes riquêzas (que os brasileiros nunca aproveitaram com Inteligência , Amôr e Partilha em prol do Brasil, mas sim depredaram/e continuam estúpidamente atrasando cada vez mais o Brasil e culpando Portugal pêla sua própria Ganância/ou a de um punhado de brasucas que dominam o Brasil!!!)que o território brasileiro possui ... Palmadinhas nas costas , elogiando-lhes o ego com a esmola de uma participação no concelho dos 10 mais , adulando-os e fazendo-os pensar que são mais importantes nêste mundo em vias de extinção do que na realidade são .
Enfim , fico-me por aqui .

Dispenso...

Porque tudo o que é dito é dispensável...
Porque tudo o que é escrito é dispensável...

Este é um blog onde se fala a sério e se brinca.
Quem não goste de ironia ou sarcasmo que feche esta página rapidamente!
Aqui ninguém tem razão.
Eu não pretendo estar certo, pretendo observar e pretendo fazê-lo de uma forma atenta e crítica...de uma forma dispensável.

Dispenso...um blog dispensável.

pessoas já dispensaram um tempinho para dar uma espreitadela